A insuportável estupidez da Bonifácio

2mauritius-images-00000065711412-HighRes-543x199

A historiadora Fátima Bonifácio publica hoje no jornal Público mais uma das suas tiradas ideológicas. Na melhor tradição da ideologia anticomunista o seu artigo encarreira com essas pérolas ideológicas como os Protocolos dos Sábios de Sião ou O Bolchevismo de Moisés a Lénine. Diálogo entre mim e A. Hitler (título de fina inteligência…), publicado em 1924 por Dietrich Eckart (a quem Hitler dedicou o seu Mein Kampf), ou mais recentemente O Comunismo no séc. XX do ex-comunista François Furet ou O Livro Negro do Comunismo de Stéphane Courtois.

Alguém tenha piedade da senhora e lhe diga que estas duas últimas catilinárias se encontram tão desacreditadas no meio académico como as duas primeiras, assim como as teses do totalitarismo. Interessante é a fúria anticomunista contra o «espetro», que desde há quase um quarto de século afirmam estar enterrado. É o aspeto positivo do artigo da historiadora Bonifácio: o receio dos liberais de que ressuscite o «Anda um espetro pela Europa – o espetro do Comunismo. Todos os poderes da velha Europa se aliaram para uma santa caçada a este espetro, o papa e o tsar, Metternich e Guizot, radicais franceses e polícias alemães.»

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: