why marx was right

Terry Eagleton, Why Marx Was Right, Yale University Press, New Haven und London, 2011

 Terry Eagleton, seguramente um dos teóricos da cultura mais importantes da actualidade, ocupa-se no seu último livro – why Marx was right – do capitalismo e da crítica do capitalismo. Será que o mais profundo crítico da sociedade capitalista ainda é atual?  O confesso católico e convicto marxista procura alcançar dois objetivos com a resposta a esta questão: escrever uma introdução acessível à obra de Karl Marx e desmontar os clichés tão em voga: «O marxismo está ultrapassado. Pode ter sido importante num mundo de fábricas e altas chaminés, mas não tem nada que ver com o mundo pós industrial, sem classes e caracterizado pela mobilidade social.»; ou «O Marxismo é capaz de ser uma excelente teoria, mas na prática conduz ao terror, à tirania e ao assassínio em massa. O socialismo não significa só falta de liberdade, significa também falta de bens essenciais.»; ou ainda «O Marxismo é uma forma de determinismo. Vê as pessoas como instrumentos da história e retira-lhes a sua individualidade e liberdade. A teoria da história de Marx é uma visão secular de um destino providencial.»; ou por fim «O Marxismo é um sonho utópico. Crê de forma ingénua na bondade da natureza humana e na sociedade perfeita. Não quer ver que na realidade somos agressivos, egoístas e competitivos

Terry Eagleton atinge plenamente o que se propõe. A ler por todos os que conhecem Marx e por todos os que ainda não o conhecem, mas pensam que a dignidade humana não tem preço.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: