Bernhard Heisig (1925-2011)

Bernhard Heisig, Somos todos Irmãos.

Bernhard Heisig

Morreu hoje Bernhard Heisig, um dos mais importantes representantes da pintura da RDA.Fundador, com Werner Tübke e Wolfgang Mattheuer, da «Escola de Leipzig» e influenciado por Otto Dix, Max Beckamann e Oskar Kokoschka, a obra de Heisig move-se entre a modernidade clássica, o realismo e a colagem. Os seus quadros dedicados à Revolução de 1848 pertencem aos seus trabalhos mais importantes.

Depois do fim da RDA, Heisig devolveu todas as condecorações recebidas e saíu do SED.

A personalidade e obra de Heisig estão, desde 1990, no centro da discussão sobre a arte na RDA. Poucos queriam ver o antigo membro das SS e funcionário de um «regime criminoso» no novo Parlamento: o quadro «Tempo e Vida», na cafetaria do Reischstag, provocou um debate exasperado sobre a questão da colaboração de «artistas oficiais» com regimes considerados por muitos ditatoriais. Heisig, por seu lado, sempre assumiu que era um perpetrador e vítima da sua época. Não é possível separar, em ditadura, o comportamento moral do trabalho artístico. A sua obra é o testemunho das ruturas e compromissos que constituem a sua biografia. Bernhard Heisig, um artista a conhecer.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: