25º Aniversário da morte de Joseph Beuys

Joseph Beuys-WDR3

Joseph Beuys viu a morte na II Guerra Mundial. Depois da queda do seu Stuka na Crimeia, conta que os tártaros o trataram com sebo e o embrulharam em feltro. Beuys chamou a este salvamento o primeiro “Happening” da sua vida e o seu lema passou a ser “A morte mantém-me desperto.”

A gordura e o feltro tornam-se nos materiais preferidos da sua arte: trabalhos que colocam o mistério em primeiro plano, contra a racionalidade do mundo. Para Beuys “cada ser humano é um artista” e cada um deve utilizar a sua criatividade política e ecologicamente. Morreu há 25 anos de enfarte.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: