“Bauhaus – What they are talking about?”

“Bauhaus – What they are talking about?”, uma conferência que visa promover o debate sobre a relação entre o universo estético e o espaço político. A não perder, no dia 3 de Março em Coimbra.

Não há nenhum movimento da Modernidade – do Futurismo ao Construtivismo, do Suprematismo ao Neoplasticismo ou ao de Stijl; do Cubismo ao Surrealismo e a todos os restantes “ismos” – que tenha sido tão consistente, tão difundido e tão presente no nosso quotidiano como o nome “Bauhaus”.
“Bauhaus” tornou-se um sinónimo e um símbolo intemporal da Modernidade in toto. A conferência tentará, por um lado, apontar as razões que levaram a este sucesso universal da Bauhaus e, por outro, tentará questionar a relação entre a marca actual da “Bauhaus” e as intenções e ideais originais desta primeira Escola Superior de Design da Modernidade.

Werner Möller nasceu 1960 em Korbach, Waldeck (Alemanha). 1981 completou o curso prático em Design com Thonet, Frankenberg/Eder. Entre 1984-1990 estudou Belas Artes e História de Arte, Literatura Moderna Alemã e Etnologia Europeia na Philipp-Universität em Marburg/Lahn. De 1987 a 1991 trabalhou como crítico e artista freelancer na área do Design e Teoria Arquitectónicas em Frankfurt/Main, foi colaborador do “Deutsches Architekturmuseum” (Museu Alemão de Arquitectura) Frankfurt/Main, co-fundador e co-editor do jornal ART Position, Frankfurt/Main, e professor convidado para Design e Teoria Arquitectónicas na Rietveld Academy, Amsterdam e na Technische Universität Delft. De 1991 a 2000 foi professor convidado para Design e Teoria Arquitectónicas nas Universidades em Münster e Saxen-Anhalt, assim como curador convidado no Deutsches Architekturmuseum (Museu Alemão de Arquitectura) e nos “Deutsche Werkstätten Hellerau” (1998/99). Professor convidado e moderador para questões de planeamento urbano em Belgrado (2000/01), Bangkok (2004/5), na Rússia (Kaliningrado, 2003-07, São Petersburgo 2003-05, Petrozawodsk, 2007) e no Khartoum (2007-08). Desde 1991 é curador na Fundação Bauhaus Dessau.

A conferência do Prof. Werner Möller realizar-se-á no âmbito do colóquio “Bauhaus: arquitectura e causa pública”, que terá lugar no dia 3 de Março de 2010 no Auditório da Reitoria da Universidade de Coimbra. A iniciativa visa promover o debate sobre a relação entre o universo estético e o espaço político. Procurará, ainda, divulgar a história da Bauhaus, cujo 90.º aniversário recentemente se registou, reinterpretando-a num contexto contemporâneo e transcultural, bem como problematizar o conceito de «moderno» e respectivas balizas. Em paralelo, terá lugar a exposição “Entre a Bauhaus e o novo racionalismo”, na qual se exibirão peças de design industrial de colaboradores ou estudantes da Bauhaus (Colecção Paulo Parra). A Colecção Paulo Parra é uma das mais importantes colecções portuguesas de objectos de design, cobrindo o arco cronológico dos últimos cem anos. Estará patente, entre os dias 3 e 19 de Março de 2010, na Galeria de Exposições Temporárias do Museu Antropológico da Universidade de Coimbra.

Programa do Colóquio:
9h00 – Recepção dos participantes. Entrega da documentação.
9h30 – Sessão de abertura
10h00 – Conferência inaugural: Werner Möller (Fundação Bauhaus Dessau), Bauhaus: what are we talking about?
11h00 – Pausa para café
11h15 – Pedro Vieira de Almeida (ESAP-CEAA), Evolução e politização do conceito de moderno – o papel da Bauhaus
12h15 – Jacinto Rodrigues (FAUP), Revisitar e aprender com a Bauhaus
12h45 – Debate
Pausa para almoço
14h00 – António Sousa Ribeiro (FLUC), Uma modernidade ameaçada. Arte, cultura e política na República de Weimar
14h30 – Joana Brites (FLUC; CEIS20), Moderno, modernos
15h00 – Debate
15h30 – Pausa para café
16h00 – Ana Vaz Milheiro (ISCTE;UAL), Influências da Bauhaus nas arquitecturas brasileira e africana
16h30 – Delfim Sardo (FLUC; Colégio das Artes), Pensar a Bauhaus hoje
17h00 – Debate e encerramento
18h30 – Inauguração da exposição da Colecção Paulo Parra: Entre a Bauhaus e o novo racionalismo (Galeria de Exposições Temporárias do Museu Antropológico da Universidade de Coimbra)

O colóquio “Bauhaus: arquitectura e causa pública”, integrado na XII Semana Cultural da Universidade de Coimbra, é uma iniciativa conjunta da Secção de Artes do Departamento de História, Arqueologia e Artes da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC), do Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX da Universidade de Coimbra (CEIS20), do Centro de Estudos Arqueológicos das Universidades de Coimbra e Porto (CEAUCP), do Colégio das Artes (UC) e da Trienal de Arquitectura de Lisboa. Beneficiando do apoio da Reitoria, da Faculdade de Letras e da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, bem como do Goethe-Institut Portugal, da Fundação para a Ciência e a Tecnologia e da Fundação Eng.º António de Almeida.

Inscrições: ceis20@fl.uc.pt, Tel: 239708 870

Colóquio “Bauhaus: arquitectura e causa pública”
03.03.2010, 10:00 horas
Auditório da Reitoria da Universidade de Coimbra
Inglês/Português (com tradução simultânea)
5€ estudantes / 15€ público em geral
+351 218 824 510
info@lissabon.goethe.org

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: