“Jamaicas” Germânicas

(via ard)

(via ard)

O fim-de-semana político na Alemanha ficou marcado pela decisão de Lafontaine em não se recandidatar a co-líder parlamentar do Die Linke, pela rebelião das bases no SPD da Turíngia contra a decisão da direcção de querer negociar com a CDU um novo Governo, apesar da maioria de esquerda resultante das eleições e pela decisão do Congresso Extraordinário de Os Verdes (117 votos em 150/78%)  em iniciar conversações para uma coligação “Jamaica” (CDU+FDP+Verdes) no Sarre, onde também seria possível uma coligação SPD+Die Linke+Os Verdes. A “coligação Jamaica” será a primeira na República Federal da Alemanha. Destes três acontecimentos a rebelião das bases do SPD e a decisão de Os Verdes irão determinar a política dos respectivos Partidos nos próximos tempos. O SPD, com Congresso em Novembro, em que já muitas vozes acusam a actual direcção de “golpe de estado” na nomeação dos candidatos à liderança não dará descanso aos representantes da deriva neoliberal do partido e os Verdes exemplificaram como não se deve fazer política ao decidirem o oposto do que andaram a prometer durante toda a campanha eleitoral. A sombra de Joshka Fischer, mestre do oportunismo, continua a pairar sobre Os Verdes.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: